Nem frio foi capaz de atrapalhar a vontade dos voluntários de vários grupos da Arquidiocese de Brasília de ajudar no primeiro Arraiá do Hallel. Com comidas típicas deliciosas como canjica, churrasquinho, caldos, maçã do amor, entre outros, os participantes aproveitaram o momento para confraternizar e encontrar amigos. Além é claro da oportunidade de ajudar na arrecadação financeira em prol do XXI Hallel de Brasília que acontecerá no dia 23 de setembro no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade.

O evento aconteceu nos dias 29 e 30 de julho na paróquia nossa Senhora de Fátima, em Taguatinga Sul. Aproximadamente mil pessoas passaram pelo local. No primeiro dia o público aproveitou para curtir uma boa música ao vivo ao som do sertanejo Mateus Almeida. E, no segundo dia, como não pode faltar em um arraiá o tradicional forró ficou por conta do Trio Saculejo.

Arraiá da união

De forma voluntária diversas pessoas se revezaram nos trabalhos durante o Arraiá. Jéssica Aquino, coordenadora do Pastoreio Jovem, responsável pela barraca do milho verde, destacou a importância do evento para uma maior aproximação entre as equipes que trabalharão no dia do Hallel, diz ela: “O Arraiá foi um momento muito importante para mostrar a unidade da Igreja em Brasília.”

A realização de um Hallel é sempre um grande desafio financeiro que por meio de muito trabalho e da providência de Deus ocorre todos os anos. Porém, por meio de atividades e promoções a organização procura facilitar o orçamento. Tia Danusa, coordenadora Geral do Hallel lembrou que o primeiro Arraiá foi uma nova experiência na preparação para o evento de setembro. “Um desafio por ser algo novo para nós, mas o Arraiá foi um arriscar no Pai, que deu certo. No pouco Nosso Senhor vai fazendo muito por meio de nós”, ressalta.

Confira a galeria de fotos